sábado, janeiro 31, 2009

Grupo de 30 índios do Vale do Javari invadiu tenda de debate

No Bem Paraná: "Um grupo de 30 índios do Vale do Javari, no Amazonas, invadiu uma das tendas de debate do Fórum Social Mundial (FSM) para protestar contra a morte de indígenas por hepatite nas tribos da região e denunciar a falta de solução por parte da Fundação Nacional do Índio (Funasa) e do Ministério da Saúde. O grupo interrompeu um debate da Fundação Perseu Abramo, na tenda Cuba 50 anos, e subiu ao palco para denunciar o surto da doença, que, segundo as lideranças, atinge seis etnias desde a década de 80. “Queremos chamar a atenção porque estamos morrendo e se ninguém tomar providências esses povos serão extintos em 20 ou 30 anos”, afirmou o líder Jorge Marubo." [notícia completa]

1 comentário:

Gabriela Dutra (gabrieladutraa@gmail.com) disse...

Muito interessante essa reportagem. Enquanto o governo e a mídia se preocupam em criticar o trabalho de missionários e de ONGs estrangeiras em influenciar a cultura local se esquecem que há espaço para isso porque o Estado é ausente nessas comunidades. Mais do que serem ícones nacionais esquecidos, essas pessoas, assim como todos os brasileiros, querem acesso a cuidados básicos...