segunda-feira, abril 06, 2009

Romance que venceu prémio Leya é sobre um índio regressado ao Brasil

No Sol: "A história de um índio Guarani regressado da Europa ao Brasil de finais do século XIX, onde se torna o aguardado chefe guerreiro da sua tribo, valeu a Murilo António de Carvalho o Prémio Leya 2008. Chama-se O Rastro do Jaguar e é o primeiro romance deste jornalista, escritor, argumentista e realizador de televisão brasileiro, de 60 anos, que concedeu uma entrevista à Lusa por telefone, a partir do coração da Amazónia, junto ao rio Tapajós, onde acaba de gravar um documentário." [notícia completa]

1 comentário:

Silvana disse...

Blog muito interessante vou sempre dar uma passadinha para ler