quinta-feira, janeiro 03, 2008

AMNISTIA INTERNACIONAL CONDENA REPRESSÃO CONTRA INDÍGENAS

Na Ansa Latina: "SANTIAGO DO CHILE, 3 JAN (ANSA)- Kart Boehmer, presidente da Amnistia Internacional (AI) no Chile, condenou o uso excessivo de força e lamentou a morte do indígena mapuche Matias Catrileo, causada por disparos da polícia, que protegia uma fazenda na região de Vilcún. "Para nós é lamentável a morte ou violação dos direitos humanos de qualquer pessoa, de qualquer idade, condição ou etnia", assegurou Boehmer, enfatizando que "nos preocupa há bastante tempo o uso excessivo da força pública na repressão de certas manifestações políticas de mapuches". [notícia completa]

1 comentário:

Barreto disse...

Infelizmente isto é sempre a mesma estória e a História faz disso prova: o "civilizado" chega, explora e o indígena passa a não ter quaisquer direitos...

Bom Ano Novo!