sexta-feira, março 07, 2008

Bolívia: Legisladores indígenas e produtores contra proibição de mastigar folha de coca

Na RTP: "La Paz, 07 Mar (Lusa) - Um grupo de legisladores indígenas e produtores de coca bolivianos ameaçam protestar contra a recomendação das Nações Unidas que apela à proibição de mastigar a folha de coca. A Junta Internacional de Fiscalização de Estupefacientes da ONU, no seu relatório sobre as drogas, pediu à Bolívia e ao Peru que "adoptem medidas, sem demora, visando a abolição dos usos da folha de coca que sejam contrários à Convenção de 1961, incluindo a prática de mastigá-la". "A decisão da ONU é um atropelo aos povos indígenas e estamos dispostos a defender a sagrada folha de coca", afirmou Lino Villca, deputado do Movimento Al Socialismo, em nome dos contestatários." [notícia completa]

3 comentários:

lucas disse...

Olá,

Gostaria de Efetuar Parceria com o seu Site de uma maneira diferente:

Seu Site -> Aponta para o Meu -> Jogos Online ( www.joguemais.com.br )

Um Outro Site Meu ( www.meustutoriais.com.br ) -> Aponta Para o seu
Caso Aceite Entre em contato comigo por este e-mail,

Gostaria ( se voce aceitar a parceria ) que voce me passase seu nome e seu msn
(se tiver), para constar em uma lista de parceiros

Desde já Agradeço.

Lucas - Jogue Mais

Amaro Gonçalo disse...

Boa noite! Em primeiro lugar queria saudar-vos pelo facto de terem um blog sobre a cultura ameríndia, ainda para mais em Portugal (caso raro), contudo, pedia-lhes que tivessem mais atenção quando falam sobre as culturas sul-americanas da região colonizada pelos espanhóis - sobretudo os mapuches - tenho reparado que sempre que se fala nos mapuches existe sempre a sua relação negativa com o governo chileno. Peço-lhes que tenham atenção à política de silêncio do governo argentino, notem que mais de 70% do "tradicional" território mapuche está situado no actual território argentino. Contudo, nunca se fala na Argentina. Apenas queria apelar à atenção para este aspecto. Parabéns pelo blog. Saudações

L.G. disse...

O problema mapuche é sem dúvida um problema também na Argentina. A nação autóctone estende-se numa boa parte do território deste país. Mas onde a sua luta tem estado mais acesa é no Chile, em parte devido às tensões herdadas da ditadura e da vertigem neoliberal chilena. O Tupiniquim agradece de qualquer modo o alerta.